Alugar Tuk tuk no Sri Lanka
Coisas que gostamos Guias de Viagens

Alugar um Tuk Tuk no Sri Lanka: A Aventura Perfeita

on
16 de Janeiro, 2021

Desde a minha primeira viagem à Tailândia, em 2014, que me apaixonei pelos Tuk tuks. Andar na parte de trás daqueles veículos fantáscicos deu-me uma sensação de liberdade e aventura. Desde então disse a mim mesmo que um dia seria o meu próprio motorista e iria explorar um país inteiro no meu próprio TukTuk. Nessa altura, todos se riram da minha ideia, pois era óbvio que não iria conseguir obter uma carta de condução para conduzir um na Tailândia. Então essa ideia ficou só na minha cabeça durante os anos seguintes. Mal sabia eu que, 4 anos mais tarde, iria conseguir alugar um Tuk Tuk no Sri Lanka e explorar o país com a Marina.

No final de 2018, eu e a Marina começamos a planear a nossa viagem ao Sri Lanka. Foi então que descobri que podia alugar legalmente um Tuk Tuk e viajar pela bela ilha do Sri Lanka com o meu próprio Tuk Tuk.

Após alguns dias a ler e a pesquisar sobre os procedimentos legais, seguros, preços e outras opções, sabíamos que iria acontecer. Íamos explorar o Sri Lanka com o nosso próprio Tuk Tuk!

Alugar Tuk Tuk no Sri Lanka

Encontrar um local de aluguer de Tuk Tuk no Sri Lanka

Ao viajar para o Sri Lanka, vai aterrar em Negombo, uma cidade 40 minutos a norte de Colombo. Estas 2 cidades são os melhores locais para alugar o seu Tuk Tuk. Após a nossa pesquisa online, encontramos várias empresas locais e proprietários locais de TukTuk a alugá-los antes de se aterrar. Os preços mais baratos disponíveis eram cerca de 12$ por dia. No entanto, soubemos que se após a aterragem, andassemos por lá a pedir aos motoristas locais, alguns alugariam os seus próprios tuk tuks . Falámos com várias pessoas que alugaram um TukTuk quando aterraram, mas muitas tiveram problemas. Algumas com a polícia porque não tinham carta de condução local. Outras, acabaram por alugar um Tuk Tuk velho e enferrujado que acabou por avariar logo após algumas horas na estrada.

Alugar Tuk Tuk no Sri Lanka -  encontrar local de aluguer

Escolher um local onde alugar o Tuk Tuk

Nós adoramos aventura, mas ao mesmo tempo não queríamos ser enganados. De qualquer das formas também não estávamos a planear viajar e conduzir um Tuk Tuk de forma ilegal e sem seguro.

Um bom amigo nosso recomendou que nos informássemos acerca da TukTuk Rentals. Esta empresa faz a conexão entre os viajantes e os condutores locais de Tuk Tuk. Deste modo, apoia as famílias locais e fornece toda a segurança e cobertura que procurávamos.

Enviámos-lhes um e-mail 3 semanas antes da nossa chegada e pedimos os detalhes.

O preço diário para alugar a nossa TukTuk era de cerca de 18$. As razões que nos levaram a optar pela TukTuk Rentals foram as seguintes:

  • Seguro de TukTuk com uma Agência Internacional (Allianz)
  • Contracto com a empresa
  • Apoio 24 horas em caso de acidente ou danos
  • Tuk Tuks com a manutenção feita e em excelente estado
  • Tratam antecipadamente de todas as legalidades por nós
  • Um Instrutor para nos ensinar a conduzir um Tuk Tuk no nosso primeiro dia (este foi imperativo)

Alugamos o nosso Tuk Tuk com esta empresa e agendamos o levantamento perto do aeroporto. Desta forma, podemos começar a nossa aventura de manhã cedo no nosso primeiro dia.

Alugar Tuk Tuk no Sri Lanka -  alugar

Conseguir uma Carta de Condução de Tuk Tuk no Sri Lanka

Infelizmente, a nossa viagem ao Sri Lanka tinha apenas a duração de 2 semanas. E nós não queríamos desperdiçar o nosso primeiro dia num escritório local a tentar tratar de toda a papelada para conduzir no Sri Lanka.

Tudo o que tivemos que fazer foi enviar uma fotografia e uma cópia do nosso passaporte e eles trataram de toda a papelada por nós.

Se tiver tempo e uma carta internacional, pode candidatar-se a uma carta de condução na Associação Automóvel de Ceylon (AA) em Colombo. Se não tiver uma carta de condução internacional, é necessário ir ao departamento de Trânsito Automóvel e obter uma licença local.

Levantar o Tuk Tuk & Aula de Condução

Durante 5 anos a viajar pelo Sudeste Asiático, conduzi muitas motos, mas confesso que tive algum receio de andar no trânsito com um Tuk Tuk.

Agendamos o nosso ponto de encontro às 10 horas da manhã no Hangover Hostels, a apenas 10 minutos do aeroporto. Quando lá chegámos, o nosso Tuk Tuk já estava estacionado com o instrutor à nossa espera. Ele deu-nos as boas-vindas e deu-nos todas as instruções necessárias. Desde as verificações diárias até aos detalhes mais avançados, no caso de algo correr mal.

Ele levou-nos no Tuk Tuk para uma estrada tranquila e passámos os 30 minutos seguintes a praticar. Esta foi de longe a melhor maneira de começar a aventura. 1 hora foi o suficiente para nos habituarmos às mudanças e ao básico da condução de um Tuk Tuk.

Antes de nos deixar, o instrutor verificou se estava tudo bem com o TukTuk e deu-me toda a papelada. Carta de condução, o seguro e um manual com todas as coisas importantes que poderia ser preciso na estrada.

Por volta das 11 horas da manhã já estávamos a fazer-nos à estrada e prontos para explorar o Sri Lanka!

Alugar Tuk Tuk no Sri Lanka -  Carta de condução

Conduzir um TukTuk no Sri Lanka

O trânsito nas grandes cidades é bastante caótico, mas assim que se sai das áreas movimentadas, as estradas são bastante calmas e as vistas são simplesmente incríveis.

O limite de velocidade para TukTuks é de 40km/h e vai encontrar muitos pontos de paragem com policia pelo caminho, por isso faça o seu melhor para se manter dentro dos limites de velocidade e não terá problemas.

Durante a nossa viagem fomos mandados parar duas vezes pela polícia e depois de lhes mostrar a nossa carta de condução e autorização, deixaram-nos continuar a viagem sem problemas e ficaram com um sorriso na cara por nos verem a conduzir um Tuk Tuk tão giro à volta da ilha.

Encontrar Alojamento

O Sri Lanka tem muitas opções no que diz respeito a alojamento. Desde guest houses mais baratas até hotéis de luxo, pode encontrar de tudo. O panorama dos Hostels está apenas a começar, por isso se estiver a viajar sozinho o melhor a fazer é reservar com antecedência um hostel ou escolher uma das pousadas geridas por famílias e conhecer os habitantes locais. Durante a nossa viagem reservamos a maioria das nossas estadias antes de voar para o Sri Lanka e deixamos algumas noites sem reserva para que pudéssemos viajar à vontade com o tuk tuk e reservamos a nossa estadia uma ou duas noites antes, utilizando o Booking.

Booking.com

Transporte da Bagagem

Chegámos ao Sri Lanka com a nossa bagagem toda depois de termos vivido 4 meses na Tailândia, pelo que tínhamos demasiadas malas para levar connosco. Uma vez que íamos viajar de TukTuk, queríamos levar nele a menor quantidade de coisas possível. Planeámos deixar as nossas 2 malas grandes no armazém do aeroporto e viajar apenas com uma pequena mala para nós os dois e que pudéssemos levar connosco facilmente quando estivéssemos a explorar, mais uma pequena mochila para guardar passaportes e coisas importantes. Infelizmente, o armazém de bagagens do aeroporto estava cheio, pelo que acabámos por perguntar ao proprietário do primeiro hotel onde ficámos, perto do aeroporto, se podíamos guardar lá as nossas malas e ele aceitou gentilmente, então deixámos lá todas as nossas coisas e recolhemos as malas antes do nosso voo de volta de Sri Lanka.

Ter apenas uma mala pequena é a melhor forma de viajar num Tuk Tuk. Se tiver uma mala grande não terá assim muito espaço para ela e quando andar pela estrada não terá a liberdade de ir passear quando estiver a viajar entre cidades. Ao ter uma mala pequena connosco, pudemos estacionar em qualquer lugar da estrada e ir explorar sem nos preocuparmos se as nossas coisas teriam desaparecido quando voltássemos do passeio.

Alugar TukTuk no Sri Lanka - Bagagem

A nossa Rota de Viagem

Com apenas 2 semanas para viajar pelo Sri Lanka, tivemos de tomar algumas decisões relativamente ao nosso percurso.

A Marina queria passar pelo menos alguns dias a relaxar na praia e a explorar a costa e eu queria ver algumas vistas históricas, quedas de água e passar alguns dias nas montanhas e no campo.

Acabamos por planear o seguinte itinerário:

  • Negombo (Aeroporto)
  • Kandy (2 noites)
  • Nuwara Ellya (2 noites)
  • Ella (1 noite)
  • Yala National Park (1 noite)
  • Rekawa (1 noite)
  • Unawatuna (2 noites)
  • Galle Area ( 2 noites)
  • Colombo ( 2 noites)
  • Ir embora! ( Tristes!)

Mesmo antes de aterrarmos no Sri Lanka recebemos um e-mail da TukTuk Rentals com um mapa detalhado do Sri Lanka com milhares de marcações feitas por eles e por outros viajantes com os melhores locais para visitar e com um convite para um grupo de WhatsApp, onde outros viajantes de TukTuk partilhavam as suas experiências e dicas diárias e até se preparavam para se encontrar para uma bebida ou conviver.

Na TukTuk Rentals também perguntaram o nosso plano de viagem aproximado e depois de lhes termos dito a rota, deram-nos uma lista fantástica com os melhores locais a explorar dentro dos locais para onde íamos viajar. Verificámos muitos dos pontos turísticos recomendados e essas recomendações fizeram totalmente a diferença na nossa viagem.

Alugar Tuk Tuk no Sri Lanka - Itinerário

Atrações Recomendadas da nossa Viagem de TukTuk no Sri Lanka

Kandy:

  • Jardins Botânicos
  • Temple of the Tooth
  • Floresta Tropical de Udawatakele
  • A Leste de Kandy, perto de Digana pode fazer uma caminhada incrível a Petigala pela Bambaragala Monestry.

Entre Kandy e Nuwara Eliya:

  • Templo Ambuluwawa, Gampola
  • A estrada por Kadyanlene, para visitar Kataboola Ella Falls, St. Claire Falls e Devon Falls.
  • Se tiver tempo, visite o Castlereigh Reservoir
 Kandy Sri Lanka

Nuwara Eliya:

  • Aldeia de Shantipura
  • Lowers Leap Falls
  • Gregory Lake
  • Moon Plains
  • Miradouro de Single Tree Hill
  • Grand Hotel para uma experiência Inglesa à antiga, com o típico agradável chá da tarde

Entre Nuwara Eliya e Ella:

  • Sair cedo e passar por Horton Plains ($15 de taxa de entrada), fazer a caminhada até Worlds End e Bakers Falls.
  • Ir por estradas secundárias como Imalgashinna, Haputale e talvez Liptons Seat até Ella.
Alugar Tuk Tuk Sri Lanka - Nuwara Elya

Ella:

  • 9 arch bridge
  • Ella Rock
  • Little Adams Peak
  • Caminhar desde 9 arch bridge pelos carris até Demodara Loop (cuidado com o comboio)
  • Ravana Falls

Entre Ella e o National Park:

  • Rakkhiththakanda Ancient Cave Temple
  • Diyaluma Falls
  • Buduruwagala Temple
Ponte dos nove arcos - Ella

National Park:

  • Yala é geralmente mais movimentada, mas existe a possibilidade de ver ursos e leopardos. Existem 3 entradas, 2 das quais vão para Yala e uma para Lunugamvehera.
  • Udawalawe está cheio de elefantes.
  • Perto de Udawalawe existe o Elephant Transit Home, um orfanato ético.

Costa Sul:

  • Rekawa Turtle para ver de perto Tangalle, uma boa praia deserta também nesta área!
  • Mulkirigala Raja Maha Viharaya (templo de rochas)
  • Praia de Goyambokka
  • Hiriketiya (pode ser movimentada).
  • Dikwella, lindíssima e deserta nesta altura.
  • Talalla, bonita e deserta.
  • Mirrisa, praia movimentada.
  • Weligama, cidade do surf, também movimentada.
  • Midigama, surf
  • Ahangama, praia e surf
  • Talpe, praia agradável por detrás de um recife
  • Unawatuna, cidade hippie antiga
  • Galle Fort, passeio matinal interessante pela cidade antiga
Costa Sul  do país

Será que adoramos a nossa experiência de Tuk Tuk no Sri Lanka?

Tal como qualquer outra experiência, existem prós e contras a considerar antes de tomar uma decisão final.

O lado menos bom de que nos conseguimos lembrar ao conduzir um Tuk Tuk foi os seguinte:

  • Limite de velocidade: só se pode conduzir a 40 km/h e, por isso, se quiser ir rapidamente do lugar A para o lugar B, este não é o seu meio de transporte ideal. Nós só queríamos passear e não tínhamos pressa, por isso o limite de velocidade não foi um problema, mas certifique-se de que não ultrapassa o limite se não quiser receber uma multa, uma vez que há pontos de paragem com polícia por todo o lado.
  • Trânsito: é difícil conduzir nas cidades, uma vez que normalmente há muito trânsito. Achamos que Kandy e Colombo estavam demasiado movimentadas para nós. Durante a maior parte da viagem, seguimos algumas estradas secundárias e desfrutámos verdadeiramente da ligação com a Natureza ao longo do percurso.

As coisas fantásticas em viajar num Tuk Tuk pelo Sri Lanka:

  • Liberdade: pode ser pequeno e lento, mas vai levá-lo para todo o lado! Desde o topo de uma montanha até àquele local secreto da praia, o seu Tuk Tuk leva-o a qualquer lado.
  • Conhecer os habitantes locais: O povo de Sri Lanka é extremamente amável e amigável e veio muitas vezes falar connosco pois estava curioso em ver-nos num Tuk Tuk e isso fez com que tivessemos algumas conversas realmente interessantes ao longo do caminho.
  • É barato: pagar menos de 20$ por dia, já com seguro incluído, é uma pechincha! Gostámos especialmente do facto de nunca termos precisado de apanhar autocarros ou tuk tuks locais para ir de um lugar para outro, poupando muito tempo nas negociações e a procurar o que queríamos.
  • É uma viagem que nunca vai esquecer: Além de, para mim, ser um sonho tornado realidade, foi uma experiência extremamente espantosa. Poder ver o Sri Lanka de uma forma tão autêntica fez desta experiência uma das actividades mais memoráveis que alguma vez tivemos e, garantidamente, iremos voltar a alugar um Tuk Tuk e explorar mais o país quando regressarmos ao Sri Lanka!

A nossa experiência com a TukTuk Rentals

Com tantas empresas e habitantes locais a oferecer o seu próprio Tuk Tuk para alugar, não tínhamos a certeza se estávamos a fazer uma boa aposta ao alugar o nosso Tuk Tuk na TukTukRentals mas, após a viagem, a nossa conclusão final é que foi de facto a melhor decisão de sempre.

Porquê?

Desde a coordenação antes da nossa chegada em relação à nossa carta de condução, até à pontualidade e conveniência de escolher o Tuk Tuk a menos de 5 minutos do aeroporto com um local que seja fluente em inglês e suficientemente paciente para ensinar um novato a conduzir num ambiente seguro e tranquilo.

Ter acesso aos seus conhecimentos locais com um mapa cheio de tesouros escondidos e um grupo WhatsApp activo com todos os outros viajantes que circulam com Tuk Tuks e partilham diariamente conteúdos e dicas que tornaram a nossa viagem única e memorável.

Além disso, eles verificavam frequentemente via e-mail para saber se tudo estava a correr bem com a viagem e sempre que precisávamos de ajuda com o Tuk Tuk estavam apenas a uma telefonema de distância e ajudavam-nos a resolver o problema sem sequer precisarmos de telefonar para o seguro. Sim, o seguro era a cereja no topo do bolo para tornar a nossa viagem segura e descontraída.

Estaremos de volta com alguns amigos para explorar o norte do Sri Lanka dentro de 6 meses e vamos definitivamente alugar o nosso Tuk Tuk novamente com eles.

 Vista para a praia
 Local Onde ficamos
TAGS
RELATED POSTS