Portugal

Os melhores Mosteiros e catedrais a visitar em Portugal

on
25 de Janeiro, 2022

Portugal tem uma longa história e cultura religiosa e algumas das mais bonitas catedrais e mosteiros de todo o mundo que possuem algumas das mais belas imagens religiosas do nosso pais. Neste artigo partilhamos a nossa lista das melhores catedrais a visitar em Portugal.

* Mosteiro dos Jerónimos (Lisboa)

Iniciado em 1502 no bairro ribeirinho de Belém, este grande mosteiro é o melhor exemplo do estilo manuelino desenvolvido em Portugal para combinar a arquitetura tardo-gótica e renascentista com motivos inspirados nas grandes viagens marítimas de descoberta. Construído a partir de calcário branco, a nave ascendente do edifício principal da igreja parece quase orgânica, como uma gruta marítima de coral e algas. No interior estão os túmulos do explorador Vasco da Gama e dos poetas Luís de Camões e Fernando Pessoa. O claustro, decorado por uma fina cantaria manuelina, é um deleite. É sem duvida um dos mosteiros com os mais belos adornos e artigos religiosos que já visitamos em Portugal.

* Santa Maria de Alcobaça (Alcobaça)

Não se deixe enganar pela fachada ornamentada barroca acrescentada no século XVIII. Esta igreja foi fundada em 1153 pelo pai fundador de Portugal, o Rei D. Afonso Henriques. No seu interior, a nave esbelta e ascendente é feita em estilo gótico primitivo sem adornos, depois recentemente importada de França por monges cistercienses. A igreja é o local de descanso de vários reais medievais, entre eles o Rei D. Pedro I e a sua amante assassinada Inês de Castro, cuja trágica história há muito inspira poetas e músicos. Os seus túmulos extravagantes são tesouros da arquitetura gótica.

* Igreja de São Francisco (Porto)

A “Igreja de Ouro” do Porto não se parece muito com o seu exterior gótico simples. Mas no seu interior encontra-se uma gruta dourada, cintilando do chão ao teto com talhas de madeira revestidas de folha de ouro, técnica conhecida como talha dourada desenvolvida por artesãos portugueses no século XVIII, quando o precioso metal estava a derramar das minas brasileiras. A igreja remonta a 1244. No meio de todo o ouro, a imponente escultura “Árvore de Jessé”, mostrando a árvore genealógica de Jesus, é um destaque.

* Mosteiro da Batalha (Batalha)

Em 1385, um exército português derrotou uma força de invasão espanhola muito maior num campo a sul de Leiria, garantindo a independência do país durante 200 anos. Para assinalar a vitória, o Rei João I, que liderou as tropas, erigiu perto do campo de batalha esta obra-prima do estilo Flamboyant da arquitetura gótica. Usando pedra calcária local que brilha dourada ao pôr-do-sol, uma sucessão de arquitetos trouxe influências de França, Inglaterra, e de outros países para fazer uma construção única. Infelizmente, os projetistas do século XX foram menos dotados, colocando uma autoestrada movimentada perto da fachada principal.

* Convento de Cristo (Tomar)

Outro Património Mundial, este convento na pequena e bonita cidade de Tomar serviu outrora de sede aos Templários, que resistiram a um cerco das forças árabes em 1190. Por essa altura, construíram uma igreja circular no centro do convento, tomando como modelo a Cúpula da Rocha em Jerusalém. No interior, é ricamente decorada com esculturas e pinturas góticas. Sucessivos monarcas portugueses continuaram a acrescentar à grandeza do convento, particularmente durante o período dos Descobrimentos, enfeitando-o com alguns dos melhores exemplos da cantaria manuelina.

 

TAGS
RELATED POSTS