Coisas para fazer em Loures Portugal
Uncategorized

15 Motivos para Visitar Loures

on
8 de Julho, 2021

Localizada nos arredores de Lisboa, a região de Loures é uma zona de turismo surpreendente, repleta de tesouros escondidos.

Desde paisagens rurais ao urbanismo moderno e multicultural, passando pelo património histórico e cultural até à oferta gastronómica e vínica inconfundível – saiba que em Loures há muito para descobrir!

Aqui há cultura! Aqui há diversidade! Aqui há muito mais do que um concelho vizinho da capital.

Quer saber o que faz de Loures um destino merecedor da sua visita? Conheça os 15 motivos pelos quais deve visitar a região.


1. Turismo Cemiterial

Não é certamente um turismo muito comum, mas sem dúvida alguma que se revela um dos mais surpreendentes. O cemitério Municipal de Loures juntamente com 4 outros cemitérios da região fazem parte da rota de turismo cemiterial, que tem como objetivo valorizar o potencial deste tipo de património com arte e historia.

Com personagens ilustres e anónimas, aqui se descobre Loures, aqui se aprende sobre a simbologia da arte funerária e se percebe a dimensão histórica e revelante deste local através dos diferentes percursos temáticos disponíveis.

Deixe-se deslumbrar pela decoração funerária numa visita guiada que não o irá deixar indiferente


2. Palácio do Correio-Mor

Este edifício imponente, construído no século XVIII deve o seu nome a Luís Gomes da Matta, correio-mor da época que administrava todos os serviços postais do reino.

O Palácio do Correio-Mor, foi classificado “Imóvel de Interesse Público” e caracteriza-se pela sua opulenta decoração em estuques, azulejos e pinturas que se relacionam na mais perfeita harmonia.

No espaço exterior encontramos a Mata Mediterrânica, as cascatas e os jardins de buxo pontuados com pequenas esculturas. Na sua fachada, destacam-se dois grandes arcos, por onde entravam e saíam as carruagens postais.

Deixe-se deslumbrar pela arquitetura deste espaço de influências italianas e perca-se na beleza e grandiosidade de cada uma das salas.


3. EBIO Fontelas

A EBIO foi inaugurada em 2017 no Dia Internacional da Biodiversidade sendo a primeira estação a abrir ao público na Área Metropolitana de Lisboa.

O percurso da Estação da Biodiversidade de Fontelas desce suavemente a encosta do vale até à ribeira de Lousa, passando pelo carvalho português classificado de interesse público.

Venha conhecer a elevada riqueza biológica e paisagística deste percurso pedestre que se estende por  aproximadamente um quilómetro.

Ao longo do percurso existem algumas placas que permitem a observação e identificação de orquídeas, assim como de alguns insectos.


4. Palácio dos Arcebispos

O Palácio dos Arcebispos é um edifício quinhentista em forma de “u”, que apresenta no seu interior azulejaria barroca de referência nacional e uma decoração temática da época.

O Palácio juntamente com a Igreja Matriz, a Fonte Monumental e o Aqueduto compõem o Conjunto Monumental de Santo Antão do Tojal, construído no século XVIII.

O conjunto encontra-se disposto em torno de uma praça, onde se pode observar a Fonte Monumental,outrora abastecida pelo aqueduto, com cerca de 2 quilómetros de comprimento e a fachada da igreja Matriz decorada com estátuas de mármore.


5. Quinta das Carrafouchas

Esta quinta do século XVIII foi comprada em 1872 por Joaquim Franco Cannas, permanecendo na família até aos dias de hoje.

A Quinta das Crarafouchas é um solar do período Barroco, que produz vinho desde 1952 o qual é um dos exemplos da excelente produção vinícola do concelho de Loures.

Esta quinta barroca possui uma riqueza arquitetónica e histórica, sendo que na varanda do pátio é possivel observar três painéis de azulejos que representadam cenas de caça.

Atualmente é possível visitar o património histórico, a vinha e fazer degustação de vinhos.


6. Parque Sniper

Situado no meio da natureza, na típica região saloia de Loures este parque aventura possui atividades radicais para miúdos ou graúdos.

Este é o local perfeito para por à prova o seu lado aventureiro e embarcar nas mais variadas atividades radicais, disponiveis no parque. Slide, escalada e paintball são apenas algumas das opções que farão da sua visita, pura diversão.

Com restaurante e uma área total de quatro hectares, é possivel celebrar diferentes tipos de eventos: desde campos de férias e despedidas de solteiro a programas de team building.

Deixe-se dominar pela adrenalina que há em si e aventure-se neste parque!


7. Quinta da Murta

Localizada nas Colinas da reduzida região demarcada de Bucelas, a quinta da Murta extende-se por 27 hectares de paisagem deslumbrante, local onde se encontra uma vila com 6 quartos.

Esta propriedade remota e protegida oferece uma grande diversidade de fauna e flora. Aqui pratica-se uma viticultura sustentada, organizam-se inesquecíveis visitas à vinha, adega e demais instalações.

A prova de vinhos é acompanhada de produtos regionais e pode ser efetuada, junto da piscina, na adega ou na sala de eventos


8. Museu do Vinho e da Vinha

É em Bucelas, a capital do vinho Arinto  que se encontra o Museu do Vinho e da Vinha. Um local de paragem obrigatória para quem deseja saber um pouco mais sobre esta bebida tão interessante e tão tipicamente Portuguesa.

A tradição vinícola de Loures, em particular da região de Bucelas, revela-se neste museu constituido por duas áreas principais. Numa delas está a exposição permanente, dedicada ao vinho, à vinha e às vindimas, enquanto que o mezanino é utilizado para exposições temporárias.

Caso o seu palato fique tentado a explorar um pouco mais o vinho da região saiba que é também possível realizar uma prova de vinhos ou até mesmo adquirir o seu preferido na loja do museu.

Neste mesmo edificio, e fruto de uma ligação histórica, funciona o Centro de Interpretação das Linhas de Torres que visa promover, de modo interativo, o conhecimento sobre a Guerra Peninsular.


9. Quinta do Boição

A Quinta do Boição tem uma localização privilegiada e oferece o ambiente ideal para desfrutar de uns dias de sossego e conforto.

Com acesso a atividades como caminhadas, ténis e aulas de equitação, a Quinta dispõe também, na casa principal uma piscina exterior ideal para os dias de calor .

Com uma área de cerca de 30.000 m2, a quinta encontra-se rodeada de vales e vinhas de um dos maiores Produtores de Vinhos Portugueses, a ENOPORT Wines.


10. Casa de Nossa Senhora da Paciência

Este espaço histórico, em ambiente familiar pertenceu outrora a João Camilo Alves, um dos empresários vitivinícolas mais prósperos do país.

A Casa da Nossa Senhora da Paciência é um espaço tranquilo que transporta hoje a memória, os valores e o legado da tão ilustre personalidade.

A Casa dispõe de alojamento, e aqui podem ser realizados todo o tipo de eventos, enogastronomia e provas de vinho .


11. Retiro do Raposo + Sleep in Bucelas

É em Bucelas, numa casa de traça antiga que poderá encontar um ambiente calmo e tranquilo, onde se ouve o cantar dos Pintassilgos.

No Retiro do Raposo poderá saborear delicisos pratos regionais equanto aprecia quadros lindíssimos, e relaxar, tarde fora, à sombra da Buganvília.

Mesmo ao lado poderá encontrar o Sleep in Bucelas um o alojamento local recatado em ambiente selecionado, onde cada quarto remete para o vinho da região.


12. Restaurante Barrete Saloio

Este restaurante com mais de oitenta anos de história, começou por ser a mais antiga pensão de Bucelas. Decorado com barros e utensílios agrícolas de outros tempos, o Barrete Saloio possui um ambiente rústico e acolhedor.

Nesta casa é servida comida tipicamente portuguesa, e em especial algumas das iguarias típicas, que são uma espécie de reencontro com as suas raízes saloias. Por este motivo, não pode deixar de provar o arroz de costela com grelos – um prato regional,  de marcada identidade saloia, que harmoniza na perfeição com o vinho arinto da região.

No que diz respeito à doçaria, destacamos os Arrepiados Saloios que são a forma perfeita de terminar uma refeição num restaurante que em cada canto tem o seu encanto.


13. Galeria de Arte Pública

A arte urbana é nos dias de hoje, uma das imagens de marca do concelho de Loures e é possível contemplar o seu expoente máximo na Galeria de Arte Pública (GAP) da Quinta do Mocho, em Sacavém.

Considerada a maior galeria de arte urbana da Europa, na GAP estão reunidos mais de uma centena de trabalhos de conceituados artistas, nacionais e internacionais.

Visitar esta galeria a céu aberto é uma experiencia incrível na qual poderá observar a beleza, a particularidade e a história das mais diversas obras espalhadas pelos edificios. 

A GAP não só reabilitou a face de um bairro, como também o tornou num exemplo de referência da vitalidade desta forma de expressão artística.


14. Museu de Cerâmica de Sacavém

Localizado nos antigos terrenos da Fábrica de Loiça de Sacavém, o Museu é hoje um espaço de valorização, salvaguarda e divulgação do legado daquela unidade fabril.

Galardoado com vários prémios nacionais e internacionais, o museu dedicado à cerâmica e ao património industrial de Loures,  tem várias salas de exposições, oficinas, um auditório e um centro de documentação.

Visitar este museu é uma experiência interessantissima na qual poderá entender o panorama cerâmico nacional e internacional do século XX. Para além disso poderá também admirar diversas loiças, telhas e até mesmo um enorme forno, original da fabrica de Loiça de Sacavém que se encontra no interior do edificio.


15. Cerveja Artesanal Saudade

É em Loures que podemos encontrar a mais pequena fábrica de cerveja da Europa. A Saudade Cerveja Artesanal é uma pequena cervejeira que nasceu  em 2013 e dedica-se a produzir Cerveja Artesanal 100% natural.

Com uma produção reduzida e uma selecção criteriosa aqui se produz cervejas de qualidade singular.

Este é sem dúvida alguma um local para os amantes de cerveza não só. Aqui partilham-se histórias, aqui criam-se laços, aqui “matam-se” as saudades.


A nossa visita à região de Loures durou 3 dias mas existe muito mais para descobrir na região para quem valoriza as tradições e a natureza. Além das 15 atividades já mencionadas, adoramos descobrir cada recanto de Buceloas e explorar as natureza da região.

Foi uma visita relaxante e interessante e temos a certeza que voltaremos a esta região de Portugal num futuro próximo.

Esperamos que este guia seja o companheiro perfeito para explorar Loures e que tenha uma viagem inesquecível.


TAGS
RELATED POSTS
15 coisas a fazer em Tavira Algarve Portugal
Guia de Viagem de Tavira

21 de Dezembro, 2020

ENERGY BREAKFAST

26 de Janeiro, 2017

LEAVE A COMMENT